sábado, 30 de julho de 2016

Índia e os seus mistérios por James Mallinson - Inserção Adornos Concha Auricular - Yoga Culture

Inserção Adornos Concha Auricular - Yoga Culture



Perfurações Corporais (Adornos) São praticas realizadas por diversas etnias espalhadas pelo mundo e estão muito além do embelezamento ou diferenciação é um estilo de vida que atravessa gerações, continentes, técnicas e tecnologias. Por vários motivos que envolvem👉 Denotação de Diferença👉  Espiritual Metafísico👉  Estético👉  Sexual... O corpo humano tem um poder fantástico de reconstituição e mesmo às vezes com materiais impróprios e técnicas primitivas ele consegue regenerar-se... Isso não significa que temos de ser descuidados ou taxativos afirmando que uma pratica esta certa e a outra esta errada!


video


Como se referir a esse tipo de adorno auricular sem nos lembrarmos das comunidades e clãs que já estão sedimentados na índia a milhares de anos. O moderno Body Piercing trazem em tempos atuais, diversas possibilidades para esse tipo de aplicação, com uma vasta diversidade de joalherias envolvendo, Vidro Borossilicato, Metais ( Inertes) e outros de ótima bio compatibilidade. Alguns dias atras eu postei uma imagem na 


rede a qual muitos amigos gostaram e um dos admiradores foi exatamente o autor da foto em 2001. André  Meyer fez essa catalogação acima enquanto viajava pela índia e me ofertou com um link fantástico o qual deixarei abaixo a extensão desse artigo.  

Detalhe, Mongóis Visite um Encampent de "Sadhus '
chifre Antilope  kānphaṭā brinco, Jvalamukhi, 8 de novembro de 2012; foto de James Mallinson
Por esta razão, eles são muitas vezes referidos como kānphaṭā (split-orelhuda), um termo pejorativo que eles se evitam. Poucos ascetas hoje usam brincos de qualquer tipo, e, que eu saiba, nenhum deles usa kānphaṭā de estilo. 49 A atual comunidade exclusiva de Nāths usando brincos, levou muitos estudiosos a tomar textual menciona ou representações artísticas de tais insígnias como indicações de que os usuários são Nāths, mas isso nem sempre é o caso. Na Índia, brincos têm sido emblemática tanto da divindade 50 e rank. 51 Assim, muitas representações do Buda mostram com orelhas que são distendido e perfurado, mas vazio, significando sua renúncia: ele tinha abandonado os pesados ​​brincos de jóias que ele usava como um real príncipe. 52 Em contraste, bodhisattvas Mahayana e adeptos tântricos ( siddhas) foram concebidos como soberanos de seus reinos e muitas vezes são descritos e retratados como usando brincos (e outros apetrechos régio). 53 Estes hindu e budista siddhas pode ter sido o primeiros ascetas a usar brincos.

Índia, Hissar, Hansi acantonamento, 1825. Manuscrito, aquarela; 31,5 x 22 cm (folio). The British Library Board, Add.27255, f.
O asceta do lado esquerdo é identificado em uma versão expandida do quadro do mesmo período como um Aughaṛ, ou seja, um Nath, que ainda está para tomar iniciação integral; a da direita, que usa um Singi volta do pescoço e kānphaṭā brincos, é um completo iniciar com o nome de Sambhu Nath. 
Sobre o autor dessa pesquisa: 
James Mallinson , PhD, é um sanscritista da Universidade de Oxford, cujo trabalho centra-se na história do yoga e iogues. Suas publicações incluem  The Ocean dos Rios de História por Somadeva  (2007) e  O Khecarīvidyā de Adinatha  (2007) - Fonte: Asia Educação

Nenhum comentário:

Postar um comentário